terça-feira, 15 de maio de 2012

Pilates ajuda a melhorar o desempenho sexual



Quando vamos dar início a uma atividade física, pensamos em algo que nos promova saúde, aumente a nossa auto-estima e também que melhore o nossa aparência física e bem estar. Mas, além desses benefícios, os exercícios podem ser a ajuda para apimentar a relação a dois. 
O Pilates é um ótimo aliado para melhorar o desempenho sexual. Por trabalhar especialmente os músculos da região pélvica (assoalho pélvico), os exercícios tendem a deixar os praticantes com mais disposição para o sexo. Os exercícios mais indicados, são os que envolvem a mobilização da coluna lombar e do quadril e os que geram o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, do abdome e da musculatura da parte interna da coxa. Além de melhorar a qualidade do sexo, proporciona mais conforto e prazer ao parceiro.

A força que o Pilates dará aos músculos da região abdominal e da pelve (músculos muito utilizados durante a relação sexual), ajuda na sustentação e na durabilidade do ato sexual, além de aumentar a capacidade respiratória, uma vez que os exercícios são realizados com uma respiração correta e suave; aumenta a capacidade de concentração, resistência, força e flexibilidade corporal, também reduzindo dores nas costas, por exemplo.

Algumas mulheres sofrem com o relaxamento da musculatura pélvica após a gravidez ou no período da menopausa, o que pode reduzir o prazer durante a relação. Esse problema pode ser facilmente corrigido com exercícios de Pilates focados no fortalecimento dessa região. O resultado é um maior conforto e prazer durante o ato sexual. Além disso, com a liberação da Serotonina (substância liberada ao praticar atividade física e que está ligada ao humor e ao prazer) há uma diminuição do estresse, que pode ser o maior inimigo na hora “H”. Essa substância propicia uma sensação de bem-estar que certamente contribui para deixar a pessoa mais sensível aos estímulos sexuais. 

Os movimentos de afastar e aproximar a perna e/ou o de empurrar e encaixar os quadris feitos no Pilates trabalha com o períneo ( músculo que segura o "xixi") e os adutores (músculos da parte interna da coxa), os mesmos usados nas posições sexuais. Fortalecer essa musculatura só pode ajudar a melhorar a desempenho na relação a dois. Há certas posições sexuais exigem sustentabilidade dos músculos abdominais e dos braços, tanto para mulheres, quanto para os homens. A força proporcionada pelos exercícios do Pilates evita, inclusive, as dores no dia seguinte (como já foi citado acima).

Espero que tenham gostado da matéria de hoje e que essas informações motivem ainda mais a prática de Pilates!!!.


Nenhum comentário:

Postar um comentário