segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Estiramento Muscular

Fonte: Internet
Uma distensão ou um estiramento muscular caracteriza-se por um rompimento parcial ou completo de fibras musculares, resultante de um esforço extremo realizado pela musculatura acometida. Junto com a musculatura são rompidos também capilares sanguíneos, resultando numa infiltração de sangue no local da lesão, formando posteriormente um coágulo. Em casos graves, o músculo pode sofrer uma ruptura muscular. As distensões são mais fáceis de serem reconhecidas do que as contraturas musculares, uma vez que a dor causada pela ruptura das fibras é imediata, impossibilitando o movimento.

Diagnóstico

Pode ser reconhecido de imediato, porém para se saber o nível da lesão é necessário ser feito um ultra-som de partes moles, onde os coágulos serão identificados. Outra maneira de descobrir é pelo exame sanguíneo , onde os níveis da enzima CPK indicará se há ou não uma lesão que os outros exames não conseguiram identificar.

Tratamento

Recomenda-se procurar um ortopedista ou médico do esporte imediatamento após a lesão. Porém, como medida emergencial pode ser usado o gelo por cerca de 15 minutos no local, afim de evitar que a lesão tome maiores proporções.

O tratamento será inicialmente com medicamentos para dissolver os coágulos, juntamente com fisioterapia onde será utilizado o ultra-som terapêutico e laser, combinados com alongamentos específicos visando recuperar a lesão machucada. 


Fonte: www.wikipedia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário