quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Terapia Ayurveda



Ayurveda é o nome dado à "ciência" médica desenvolvida na Índia há cerca de 5 mil anos, o que faz dela um dos mais antigos sistemas medicinais da humanidade. A Terapia Ayurveda tem como objetivo promover a saúde em seu sentido mais completo por meio do retorno do ser à natureza.

Fonte: Internet
Para falar sobre a história da medicina ayurvédica, é preciso considerar sua subjetividade na origem divina, nos planos espirituais, apesar de existirem resquícios históricos que datam de 9000 anos atrás e que relatam que na região do rio Saraswati, existiu uma civilização altamente desenvolvida e evoluída espiritualmente onde a Ayurveda já era praticada.

Referente especificamente da Medicina Ayurveda, existem dois textos que datam de 2000 a.C chamados de Rig Veda e Atharva Veda. São os primeiros documentos históricos relativos a essa ciência, onde os mesmos compõe os Vedas, livros de sabedoria que integram a cultura indiana.

A ciência original propagou-se pelo Oriente e Ocidente através do budismo, sendo ainda hoje praticada na Índia mantendo sua essência original, inclusive no tratamento e preparo de remédios.

A ciência védica percebe as atividades biológicas, mentais e espirituais como sendo interligadas e interdependentes, tendo como foco de atenção a saúde e a prevenção de doenças. Acredita-se que o estado de saúde é uma condição normal do ser.

A doença para a Ayurveda, é muito mais que a manifestação de sintomas desagradáveis ou perigosos à manutenção da vida. A ciência integral considera que a doença inicia-se muito antes de chegar à fase em que ela finalmente pode ser percebida. Assim, pequenos desequilíbrios tendem a aumentar com o passar do tempo se não forem corrigidos, originando a enfermidade muito antes de podermos percebê-la.

A idéia de saúde não se limita a um corpo livre de doenças, mas a um conjunto harmônico entre a matéria, mente e espírito.

Na visão da Ayurveda, o Cosmo é a interação dos cinco elementos. São eles: éter, ar, fogo, água e terra, que atuam sobre os três príncipios básicos energéticos, os quais estão presentes em toda a natureza. Estes são denominados Doshas ou DNA energético. Vata surge do ar e do som (éter); Pitta surge do fogo e da água e Kapha surge da água e da terra.

O corpo humano é uma combinação biológica dos cinco elementos, o que nos torna diferentes é a proporção de cada elemento em nossa constituição. Possuimos um código energético original que sofre alterações no decorrer de nossas vidas, através de influências emocionais, alimentares, temporais, enfim, os doshas variam conforme nosso estilo de vida e escolhas.

Dentro do contexto da ayurveda dosha significa "organização", assim quando os doshas estão equilibrados eles mantêm uma psico-fisiologia harmoniosa. Manter os doshas equilibrados é manter o nosso código original e assim, a saúde.

Para os doshas se manterem em equilíbrio é preciso antes de mais nada, que respeitemos nossa natureza interior, que nos conheçamos no íntimo para que possamos respeitar nossas limitações, e para que "dancemos conforme a música divina, mas dentro de nosso ritmo".

Para definir o dosha original e também detectar qual o dosha que se encontra em desarmonia a Terapia Ayurveda trabalha através de um diagnóstico pessoal, onde através de algumas questões e exames visuais, do pulso, inclusive da língua, é possível indicar alguns procedimentos terapêuticos, além de sugestões para mudanças de hábitos e uma dieta alimentar específica para diminuir o nível de toxinas no corpo.

São inúmeros os procedimentos utilizados na Ayurveda, onde todos possuem o objetivo de reestruturação da saúde, podendo direcioná-los conforme a necessidade de equilíbrio. Alguns deles:

- massagem abhyanga (oleação através de manobras longas)
- shirodara (fluxo de óleo na região do terceiro olho)
- bastis (oleação em maior volume contido numa determinada região do corpo)
- gárshana (manobras de fricção feita com luvas e aplicação de pouco óleo, cânfora, sal grosso e ervas terapêuticas)
- udwartana (manobras de fricção com pouco óleo e pó de ervas medicinais)

Praticantes argumentam que o tratamento ayurvédico é benéfico para todos, especialmente para aqueles que sofrem de estresse ou tensão muscular. Entre inúmeras outras doenças que respondem particularmente bem a medicina ayurvédica são a artrite, asma, diabetes, eczema, indigestão, tuberculose e úlceras.

O auto-conhecimento é um caminho para aprofundarmos em nossa essência e despertarmos para as consequências de nossas escolhas.
A percepção de que somos seres em processo de evolução e que necessitamos conservar nosso corpo para que ele seja nosso instrumento de busca de equilíbrio junto à nossa mente consciente faz com que passemos a agir mais a favor da vida, considerando a reeducação de nossos hábitos, tanto alimentares quanto comopensamentos condicionados e padrões de comportamento.


Fonte: graodeareia.net/terapia/terapia-ayurveda.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário