quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Pilates para dentistas


A odontologia é uma profissão que expõe o cirurgião dentista a longos períodos de estresse físico e psíquico resultando em dores e possíveis patologias osteomusculares ( DORT - Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Estudos classificam os profissionais de odontologia entre os que mais se afastam do trabalho por incapacidade temporária ou permanente, sendo cerca de 30% das causas de abandono prematuro da profissão. 

Existem fatores que contribuem para esse fato: falta de intervalos entre atendimentos, falta de alongamentos e repousos, longa jornada de trabalho, a pressão sobre o profissional em seu ambiente de trabalho, falta de exercícios físicos, movimentos repetitivos, uso do mesmo grupo muscular para manter a posição de trabalho e principalmente posturas inadequadas para a execução das tarefas. As regiões mais acometidas pelo DORT em cirurgiões dentistas são: pescoço, punhos, mãos, ombros e região da coluna cervical e lombar.

O método Pilates tem sido utilizado tanto como recurso fisioterapêutico quanto como condicionamento e é muito procurado por muitos profissionais da área da odontologia para a manutenção da boa postura, tratamento e prevenção de lesões. A incorporação do método nos exercícios de solo e aparelhos permite que o praticante tenha um melhor padrão postural; aumente a flexibilidade e força de forma global; potencialize a coordenação motora e consciência corporal.

Fonte: Internet




Fonte: Flexus pilates

Nenhum comentário:

Postar um comentário